Espumante Rosé ArteViva Elementar Brut Pinot Noir Método Ancestral
Brasil
Espumante
Brut
(0)
R$ 112,00
em até 6x sem juros (consulte condições na tela de pagamento)
Qtd.
Simular frete

Se preferir comprar com um Embaixador Soma, e receber uma consultoria de graça, clique no botão abaixo

Comprar com Consultoria

Outros produtos deste parceiro: ver todos

R$ 212 ,00
R$ 112 ,00
R$ 112 ,00
R$ 115 ,00
R$ 135 ,00
R$ 115 ,00
R$ 115 ,00
R$ 228 ,00

Descrição do Produto

Características: Possui delicada coloração cobre com reflexos avermelhados. Entrega aromas de frutas frescas silvestres, como pitanga e cereja, além de notas de mel, baunilha e brioche. No paladar, revela-se persistente e vivaz.

Dicas de Harmonização: Pizzas, queijos, canapés, carnes brancas, risotos, frutos do mar e massas leves

“O significado de elementar traz à tona a simplicidade de apenas ser, no fluxo virtuoso da vida”. O significado do termo ELEMENTAR traz à tona a simplicidade de apenas ser, no fluxo virtuoso da vida. Por meio da seleção de uvas no vinhedo e seguido da extração suave do mosto obtido por prensagem vertical, exaltamos as virtudes de cada cultivar que compõem este espumante. A interação entre os elementos do sistema permitiu a tomada de espuma na garrafa e posteriormente a classificação como Brut de maneira espontânea.

A Vinícola Arte Viva está localizada em Monte Belo do Sul e é especializada em vinhos finos e espumantes premium e super premium na Serra Gaúcha. Fundada em 2019, a Arte Viva é resultado do sonho do enólogo Giovanni Ferrari alicerçado na paixão pelo trabalho herdada de seus antepassados e em valores como integridade, responsabilidade, criatividade e sustentabilidade.

“Não é só um líquido e suas cores, aromas e sabores. Cada garrafa traz histórias. Quando degustamos um vinho, estamos degustando histórias, vidas, trabalhos, sonhos.”

A paixão pelo cultivo de videiras fez brotar no jovem Giovanni Ferrari o sonho de elaborar seus próprios vinhos. Ousado e sedento por aprendizado, decidiu estagiar na Möet Chandon, em Champagne na França, e na Quinta do Seixo, na região do Douro, Cima do Corgo, em Portugal. No Brasil, Giovanni aprendeu a arte da elaboração de vinhos com passagem por madeiras com o senhor Marcio, da Vinícola Almaúnica. Ainda, em terras brasileiras, trabalhou na Chandon Brasil e na Salton. O jovem enólogo inovou não só no uso de madeiras brasileiras para elaboração de vinhos, mas também criou o tanque geodésico, cujo formato direciona o gás carbônico para o centro do tanque, exercendo menor pressão sobre a massa, fazendo com que o bagaço fique embebido no líquido (mosto) durante todo o processo, reduzindo o trabalho de remontagem. Com isso, ganha-se em praticidade e aromas.

Ficha técnica

Análise gustativa

Olfativo

Entrega aromas de frutas frescas silvestres, como pitanga e cereja, além de notas de mel, baunilha e brioche.

Visual

Possui delicada coloração cobre com reflexos avermelhados.

Gustativo

No paladar, revela-se persistente e vivaz.

Avaliações de clientes que já experimentaram este produto

0,00 / 5
(0)
Avalie este vinho!
necessário estar autenticado Quero avaliar
Falar com um Embaixador