O termo "Reservado", por outro lado, não tem uma definição técnica ou legal em muitas regiões vinícolas. Em alguns casos, é usado por vinícolas para indicar um vinho de qualidade superior dentro de sua gama, mas sem os requisitos estritos de envelhecimento que acompanham a designação "Reserva". No entanto, é essencial estar ciente de que, em algumas regiões, o termo "Reservado" pode ser usado mais por razões de marketing do que como um indicativo genuíno de qualidade ou processo de produção
Falar com um Embaixador